quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

CAMINHADA DA VIDA, (pela minha madrinha, 27-12-2007, 2 meses antes do trágico dia)


CAMINHADA DA VIDA


caminhamos pela Vida
Sem nos apercebermos dos seus aguilhões
Caminhamos indiferentemente
porque sentimo-nos imunes às intempéries.
Mas um dia, somos defrontados com a verdade
Tsunamis, marmotos, terramotos, ciclones,furacõs
Cercam-nos no seu anel de fogo, qual fogo de S.Telmo
Que nos consome abruptamente na cilada da vida.
E aí paramos para pensar... pensar.... pensar....
Que a Vida é efémera
Que o ser humano não passa dum meteorito
Nesta breve passagem terrena
Que o nosso Espírito um dia sairá
Deste envólucro que é o nosso corpo
Por outras galáxias viajará anos e anos
Até encontrar a Perfeição
E finalmente poder descansar
Desta dolorosa e intensa
CAMINHADA DA VIDA

escrito pela minha madrinha, no seu blogue

Sem comentários:

Enviar um comentário